coleprecor

Início » Não indexados » Ao encerrar mandato como secretária-geral do Coleprecor, Beatriz Theodoro destaca inovações implantadas em 2017

Ao encerrar mandato como secretária-geral do Coleprecor, Beatriz Theodoro destaca inovações implantadas em 2017

beatriz-coleprecor_balanco

Desembargadora Beatriz Theodoro e seu pai, Humberto Theodoro Júnior, desembargador aposentado.

Uma experiência enriquecedora. Assim a presidente do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso (TRT/MT), desembargadora Beatriz Theodoro, descreve o período em que atuou como secretária-geral do Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho (Coleprecor). “Foi uma experiência ímpar participar da direção dessa entidade que possibilita que os gestores dos TRTs possam, nesse fórum, discutir e procurar soluções para problemas comuns e onde se busca patronizar procedimentos”, ressalta.

Empossada em novembro de 2016, a atual diretoria do Coleprecor   – composta pelos desembargadores James Magno Araújo Farias (TRT/MA), no cargo de presidente da entidade, e Maria de Lourdes Leiria (TRT/SC), vice-presidente, além de Beatriz Theodoro (TRTMT), secretária-geral – realizou nos dias 22 e 23 deste mês, em Brasília, a última reunião à frente da entidade.

Para a desembargadora Beatriz Theodoro, foi uma administração inovadora em vários sentidos, a exemplo da designação de encontros periódicos dos servidores que coordenam as áreas de comunicação social dos Regionais bem como daqueles que atuam como secretários das corregedorias.

Outro destaque foi a criação e disponibilização de ferramentas como a Wiki Corregedoria, a ser lançada para todos os TRTs. “No cenário político, a atual gestão do Coleprecor atuou para facilitar, no âmbito político institucional, a busca das parcerias necessárias para uma boa administração nos Regionais”, assinala.

Além desses, o Coleprecor atuou este ano na discussão do orçamento de 2018 para a Justiça do Trabalho, das metas estratégicas para o próximo ano assim como promoveu reuniões no Congresso Nacional para o fortalecimento do diálogo institucional entre os poderes Legislativo e Judiciário.

A presença de convidados que contribuissem com suas reflexões sobre temas administrativos e jurídicos foi também uma constante durante as reuniões da entidade em 2017, como a participação do jurista Humberto Theodoro Júnior, desembargador aposentado do TJ de Minas Gerais e professor da Faculdade de Direito da UFMG, pai da desembargadora Beatriz Theodoro.

Em sua prestação de contas à sociedade, ao final da gestão, o desembargador-presidente James Magno, lembrou a importância da entidade, que completa 30 anos de existência, período em que viu a Justiça do Trabalho passar por intensas mudanças, com calmaria e agudas crises política ou econômica, como a promulgação da Constituição Federal em 1988, a proposta de extinção da Justiça do Trabalho em 1999 e pouco depois o seu fortalecimento, materializado na ampliação de sua competência com a Emenda Constituição 45/2004.

E, por fim, da atuação da atual administração do Coleprecor diante das recentes dificuldades vivenciadas pela Justiça do Trabalho, como a drástica redução orçamentária. “O Coleprecor defendeu arduamente a Justiça do Trabalho nesse período, seja com uma atuação permanente junto ao Congresso Nacional, por meio de notas públicas ou pelo lançamento de uma campanha nacional e unificada de mídia explicativa do papel constitucional da Justiça do Trabalho”, conclui.

Texto: Aline Cubas (ASCOM TRT23-MT).
Foto: Nelson Ferraz (ASCOM TRT23-MT).
Fonte: TRT23-MT.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: