coleprecor

Início » Não indexados » Coleprecor busca no Senado o reconhecimento do TST como órgão de cúpula do Poder Judiciário

Coleprecor busca no Senado o reconhecimento do TST como órgão de cúpula do Poder Judiciário

web 700  foto todos e sen cafeteira SO2A2032O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), recebeu nesta terça-feira (18) o coordenador do Colégio de Presidentes e Corregedores de Tribunais Regionais do Trabalho – Coleprecor, desembargador Ilson Alves Pequeno Junior, que esteve acompanhado dos desembargadores Doralice Novaes, Severino Rodrigues dos Santos e José Rêgo Júnior, presidentes do TRTs da 2ª, 19ª e 21ª Regiões, respectivamente. 

Na conversa com o presidente do Senado, o coordenador do Colégio salientou que a PEC nº 32 é um desejo de todos os presidentes das cortes trabalhistas, inclusive do Tribunal Superior do Trabalho – TST.

Pequeno Junior ressaltou que a PEC nº 32 vai corrigir um equívoco histórico e alçar o TST ao lugar que ocupa de fato, mas não de direito, na cúpula do Poder Judiciário, fortalecendo seu papel republicano.

De acordo com a PEC n. 32 o Tribunal Superior do Trabalho passará a integrar os órgãos de cúpula do Poder Judiciário, uma vez que o comando não está no texto constitucional atual. O projeto também estende os requisitos de notável saber jurídico e reputação ilibada entre as condições de nomeação para o cargo de ministro do TST.

Em aparte à declaração do coordenador, o Senador Eduardo Amorim (PSC-SE) concordou com a necessidade de correção desse erro, declarando seu inteiro apoio à aprovação da PEC, no que foi acompanhado pelo Senador Epitácio Cafeteira (PTB – MA), que destacou a importância da aprovação para o fortalecimento do TST, como membro da alta cúpula do Poder Judiciário.

A presidente Doralice Novaes, do TRT de São Paulo, declarou a importância da aprovação da PEC para consolidação do papel do TST dentro da lei maior do nosso país.

O desembargador Severino Rodrigues dos Santos, do TRT de Alagoas, afirmou que essa correção é um reconhecimento aos bons serviços prestados pelo TST à sociedade brasileira.

O presidente do TRT potiguar, desembargador José Rêgo Júnior, reweb 700 geral SO2A1989ssaltou que a aprovação da emenda corrige uma falha história, mas sobretudo destina a uma corte ativa e pujante, o mesmo tratamento isonômico dado às demais cortes superiores.

O presidente do Senado, Renan Calheiros, mostrou-se sensível à necessidade de aprovação da PEC nº 32, declarando que tem conhecimento da matéria, acreditando no incondicional apoio das lideranças para a colocação da emenda na ordem do dia para a sua provação em dois turnos.

Pequeno Junior agradeceu a polidez e a receptividade do presidente do Senado, ressaltando que a aprovação da referida Emenda é premente. Afirmou, ainda, o coordenador do Coleprecor que em 2013 a Constituição Federal completou um quarto de século, não podendo o Poder Judiciário Trabalhista esperar mais tanto tempo para ter o nome da sua corte superior devidamente grafado na Carta Política Brasileira.

Renan Calheiros reafirmou a necessidade de aprovação da Emenda, comprometendo-se com o Tribunal Superior do Trabalho e Coleprecor em encaminhar a matéria para votação com a celeridade que a sua importância exige, destacando a unanimidade do tema entre as lideranças.

Redação: Celso Gomes  – SRTe/RO 961 (Ascom Coleprecor) e José Hélio

Fotos: Aldo Dias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: